domingo, 11 de março de 2007

O que é a globalização

12 comentários:

Beatriz e Leidiane disse...

Globalização tem por principio primordial a unificação de mercado, a quebra de fronteiras e a proliferação do individualismo, mas a globalização é uma nova fase do capitalismo. Provocando a formação de Estados aculturados, desestabilizados e o favorecimento da minoria.
Por: Beatriz e Leidiane

Ery disse...

Podemos dizer que é um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo. Através deste processo, as pessoas, os governos e as empresas trocam idéias, realizam transações financeiras e comerciais e espalham aspectos culturais pelos quatro cantos do planeta.

Rafa e Déia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafa e Déia disse...

A globalização é um dos processos de aprofundamento da integração econômica, social, cultural dos países do mundo no final do século XX. As principais características da globalização são: Aldeia Global, blocos econômicos, relações comerciais e financeiras internacionais, concorrência comercial, as multinacionais, Internet e a importância da língua inglesa.

Nataliaetalita disse...

Podemos dizer que a globalização é um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo. Através deste processo as pessoas, os governos e as empresas trocam idéias, realizam transações financeiras e comerciais, e espalham aspectos culturais pelos quatro cantos do planeta.

Letícia e Ana Cláudia disse...

A Globalização é um processo ainda em curso de integração de economias e mercados nacionais. Sua principal característica é a Revolução Tecnológica, portanto em nossa vida diária não há atividades que escapem dos efeitos da Globalização, por exemplo quando comemos, saímos e principalmente quando compramos, pois o Capitalismo é o seu grande aliado.
Além de causar a exclusão social por conta do abandono do Estado de Bem-estar Social, a Globalização tem um aspecto agravante que é o desemprego, o qual é provocado pela necessidade de modernização das empresas que visam somente o lucro e a mão-de-obra barata, descaracterizando assim a presença do trabalhador.

Val/Dayane disse...

Valquiria e Dayane
Globalização é um processo capitalista por meio do qual o mercado é internacionalizado. É a aceleração, integração e reestruturação capitalista. Serve para acentuar a ideologia imposta pelo neo-liberalismo, no qual o mercado é o senhor, a quem todos devem submeter, inclusive o Estado.
A Globalização tenta transmitir uma lógica de inclusão, como se fosse possível que todos os países estivessem unidos por um único objetivo, em condições iguais. De fato, ela acentua as diferenças, fazendo com que os mais beneficiados sejam os mais ricos, uma vez que, acabam sendo eles quem dita as regras. Sendo assim, a exploração dos países que chefiam esse processo, em relação aos que são dominados por ele, é acentuada de forma grotesca.
Dentro dessa lógica há uma disputa intensa, travada entre o público e o privado. Tende-se a evidenciar este em prol daquele, pregando uma qualidade superior, aliada a “desresponsabilização” do Estado frente aos serviços sociais (Estado Mínimo).

Rafaela Morais e Fernanda disse...

O que é Globalização?

A palavra globalização está na moda. No entanto, diferentemente da moda passageira, ela parece ter vindo para ficar. Embora seu significado ainda não apareça no dicionário, tem sido usada para expressar uma gama de fatores econômicos, sociais, políticos e culturais que expressam o espírito e a etapa de desenvolvimento do capitalismo em que o mundo se encontra atualmente. Trata-se de palavra de difícil conceituação, em razão da amplitude e da complexidade da realidade que tenta definir. Por isso, não é possível discorrer aqui, extensa e profunda, sobre toda problemática envolvida da apalavra globalização. Mas é bastante óbvio notarmos que a globalização apesar do nome não sugere, mas ela expressa a exclusão da maioria. E dentro dessa visão globalizada (capitalista), o mercado de trabalho é redefinido, posto que, buscam-se lugares que possuam condições favoráveis a uma maior margem de lucro, portanto, que expressem mercado consumidor em potencial, mão-de-obra barata, etc... Percebe-se também, que com essa visão o sistema financeiro é influenciado, há a circulação de capital entre os países, em especial, nos emergentes (colaboração do neoliberalismo para tal).

Moniki Mesquita / Sandra Regina disse...

Globalização é um termo usado para expressar uma gama de fatores econômicos, sociais e políticos que expressam o espírito e a etapa de desenvolvimento do capitalismo podendo ser entendida como uma estratégia de enfrentamento da crise do capitalismo e de constituição de uma nova ordem econômica mundial.
A busca pela eficiência e competitividade, pela desregulamentação do comércio entre países com a destruição de fronteiras nacionais e a procura pela completa liberdade de trânsito para as pessoas, mercadorias e capitais, numa espécie de mercado universal que nos encaminhou ao que chamamos de mundo globalizado.
Nota-se que a partir de 1980, a globalização, que é um processo de aceleração, integração e reestruturação capitalista, estabelece-se com o discurso e projeto neoliberal, criando assim, condições para seu impulso e efetividade.
Podemos perceber a globalização na economia mundial ao depararmos com mercados comuns ou blocos econômicos como a União Européia (UE), o acordo Livre Comércio da América do Norte (Nafta), o Mercado Comum do Sul (Mercosul) entre outros, e em se tratando de elementos da cadeia de produção e consumo, como: capital de investimento, matéria-prima, mão-de-obra qualificada, tecnologia, informação e mercado sofisticado, sendo estes cada vez mais globalizados.
Ao contrário do que se pensa, através de uma dispersão, de uma mobilidade geográfica e flexibilidade de mercado, o capitalismo torna-se cada vez mais organizado, sendo o mesmo rearfimado pela globalização que traz a idéia de um mundo interligado em todos os sentidos, dando a falsa impressão de inclusão de todas as pessoas, países e regiões, e o que se percebe de fato é a grande exclusão que a própria globalização produz, orientada pela ideologia do mercado livre que rompe barreira e enfraquece governos, ao passo que também unifica e dispersa mercados.

julielehellen disse...

Globalizacão é um termo de difícil conceitualizacão,pois, abrange fatores ecônomicos, sociais, políticos e culturais. Podemos entender a globalizacão como uma etapa do capitalismo ou um processo de aceleracão, integracão e reestruturacão capitalista.
A globalizacão é vista também, como estratégia anti-crise e é visível no processo de entrelacamento da economia mudial.
No setor político institucional a globalizacão forma um Estado global que tem por finalidade consolidar e sustentar a nova ordem ecônomica e política mundial
A globalizacão de mercado sugere a idéia de inclusão de todos os países, regiões e pessoas, mas na prática não é assim pois a maioria das pessoas, países e regiões ér excluídas da globalizacão, pis a ideologia que a orienta é a de mercado livre.
A globalizacão da producão vem para redefinir a geografia do mercado de trabalho mundial.
A globalizacão do sistema financeiro se expressa na crescente expansão dos fluxos financeiros internacionais e tem ocorrido gracas ao empreendimento dos danos do capital.
A globalizacão de poder teve avanco com o neoliberalismo de mercado, é a queda do socialismo real.

Acadêmicas: Hellen dos Santos e Juliele Moreira

julielehellen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
julielehellen disse...

parafrase:
O trabalho humano e seu cotidiano vem sendo transformado pelas transformações técnico-cientifica que é resultado da ação concreta humana. Essas transformações esta assentada em uma tríade revolucionaria que envolve a microbiologia, a microeletrônica e a energia termonuclear. Além dessa tríade podemos destacar a revolução informacional que tem por base o avanço das telecomunicações, dos meios de comunicação e das mídias.
A globalização é uma etapa do capitalismo e é entendida como uma estratégia de enfrentamento da crise do capitalismo e de constituição de uma nova ordem mundial.
O capitalismo envolve duas posições :
* o social-liberalismo/novo liberalismo: paradigma da igualdade de oportunidades. Tendência capitalista-liberal estatizante e democrática que imprime.
*o neoliberalismo de mercado:paradigma da liberdade econômico, da eficiência e da qualidade. Tendência capitalista-liberal concorrêncial e elitista-conservadora.